Mês: dezembro 2017

GHC inicia em fevereiro obras de centro oncológico

21/12/2017 | Jornal do Comércio
Está marcado para 1 de fevereiro o início da construção do novo Centro de Oncologia e Hematologia do Grupo Hospitalar Conceição (GHC). Anunciado em 2008, o prédio de 14 mil metros quadrados centralizará em um só lugar o atendimento para pessoas com câncer e oferecerá novos serviços, como radioterapia e transplante de medula óssea.
A edificação será levantada ao lado do Hospital Nossa Senhora da Conceição, na zona Norte de Porto Alegre. A previsão é que a obra demore de dois a três anos para ser concluída. Na tarde de ontem, o vereador Mendes Ribeiro (PMDB) confirmou a aprovação, no plenário da Câmara Municipal, do projeto de lei complementar do Poder Executivo que modifica o regime urbanístico do conjunto de terrenos onde estão situados os hospitais Nossa Senhora da Conceição e da Criança Conceição.
Com isso, será possível dar início à construção de novos prédios no complexo. “Essa ação traz melhor atendimento em saúde e adoção de tecnologias que não eram possíveis. Soluções inteligentes, que não oneram, trazendo mais saúde aos porto-alegrenses”, salientou o vereador. Conforme o projeto, a alteração no regime urbanístico decorre da necessidade de a estrutura física do complexo hospitalar incorporar a implantação de novas tecnologias para o Serviço de Diagnóstico e Tratamento.
Na reorganização física, serão retiradas do prédio do Hospital Nossa Senhora da Conceição todas as áreas de diagnóstico, terapia, apoio técnico e logístico, “possibilitando a adequação e a humanização das unidades de internação e apoio”. No caso do Hospital da Criança Conceição, “pelas condições precárias do atual prédio”, a proposta é construir um novo hospital incorporando a maternidade do Conceição.
Segundo o diretor técnico do GHC, Mauro Sparta, muitas questões morosas precisaram ser resolvidas para que a obra fosse possível.
Primeiro, era preciso acertar a cedência da área onde a construção ocorrerá, na qual, antes, havia uma praça. “Houve todo um processo democrático, com consulta ao Orçamento Participativo e acordo com o município, que tinha uma dívida com o hospital”, relata.

Duas emendas do vereador Mendes Ribeiro ao orçamento do município são aprovadas

Das 137 emendas de vereadores e 12 populares à Lei Orçamentária Anual – que rege os gastos do ano subsequente no município -, duas do vereador Mendes Ribeiro foram aprovadas. Ambas estão alinhadas com seus compromissos assumidos no início do mandato: estímulo ao empreendedorismo, educação e saúde.

“Justamente no dia em que foi divulgada pesquisa apontando que 58% dos jovens desejam empreender, nossa emenda à LOA para destinação de estrutura a Semana Municipal do Jovem empreendedor foi aprovada”, salientou Mendes Ribeiro.

A primeira edição desta semana, também por projeto do vereador, levou a pontos descentralizados da Capital mais de 30 workshops e caminhos profissionais aos jovens. “Agora, com esta emenda, o evento terá condições de chegar a demais bairros e incorporar palestrantes e atividades”, explicou.

A pesquisa referida pelo legislador também aponta que 78% dos jovens gostariam de apoio e sentem-se inseguros para ousar e empreender. “Eis o nosso suporte a eles, nós acreditamos no empreendedorismo e no potencial do jovem porto-alegrense, levaremos toda a capacitação e possibilidades para que possam se desenvolver”, completou.

Na área da saúde, a emenda aprovada trará R$ 1.5 milhão para desafogar o atendimento básico no bairro Itu Sabará, superior a 3 mil/mês, com a nova sede do posto Coinma. A proposição, além do aumento do número de atendimentos, também abaterá uma dívida do município com o gestor do posto, e será utilizada apenas para a construção, visto que o terreno já foi cedido.

Scroll to top