Notícias

Corona Vírus: Prevenção & Informação

Como sempre trabalhado por nós, no mandato, a prevenção é o fundamento!
Eis que agora os atos preventivos são os que irão definir como nosso sistema de Saúde absorverá o coronavírus. Isso, pois, como todos devem estar acompanhando, evitando um pico de casos, conseguindo espaçar a manifestação, ou seja, achatar a curva da epidemia, não teremos sobrecarga nos atendimentos e uso de leitos.
E, principalmente, proteção os grupos de risco. Empatia.
A mim, a ti, poderá se manifestar somente uma gripe, mas em quem está ao lado de nós, talvez não!
Por isso, primeiro: PREVENÇÃO!
Segundo: INFORMAÇÃO E NÃO SUPOSIÇÃO!
Tudo que divulgarmos aqui são informações confiáveis e medidas adotadas validadas pela secretaria de Saúde.
Tendo dúvidas, pergunte! Nos envie mensagens! Compartilhem informações seguras e adotem procedimentos preventivos!
E, a cada nova medida adotado pelo município, divulgaremos.

Vírus
A preocupação, com relação ao que já enfrentamos anteriormente, com o H1N1, é que a transmissão é 68.5% mais rápida e o vírus permanece mais tempo “vivo” em objetos.
Sim, ele irá chegar com força entre nós. É uma pandemia. Ainda não há vacina e, incluindo tempos necessários de testagem, devemos demorar para tê-la.
Porém, não devemos nos alarmar, o seu índice de possíveis complicações está relacionado aos grupos de risco. Logo, ele foi enfrentado em casa, sem complicações, pela maioria da população.

Desafio
Não gerar o caos. Não é necessária uma corrida para abastecimentos de alimentos ou, não tendo sintomas, ir aos serviços de Saúde.
Nosso desafio é a PREVENÇÃO para evitar picos de transmissão e sobrecarregar o sistema de Saúde, que deve estar disponível para os casos de risco.
“Achatarmos” a curva da epidemia, ou seja, espaçar a manifestação, evitando um grande pico.
E, principalmente, proteção os grupos de risco. Empatia.
A mim, a ti, poderá se manifestar somente uma gripe, mas em quem está ao lado de nós, talvez não!

Sinais e sintomas
Febre, calafrios, dor de cabeça e/ou no corpo, pode apresentar diarreia tosse ou secreção nasal.

Medidas preventivas
Lavar as mãos várias vezes ao dia com sabonete e água;
Utilizar álcool gel;
Não compartilhar utensílios (copos, talheres, chimarrão, toalhas, bebedouros e objetos pessoais);
Ao tossir ou espirrar, proteger boca e nariz com lenços ou papel descartável e, após, higienizar as mãos;
As máscaras cirúrgicas só devem ser utilizadas para quem apresenta sinais de gripe. Se não é seu caso, não utilize, não dissemine o medo e a informação inadequada;
Mantenha os ambientes bem ventilado;
Evite aglomerações, locais com grande concentração de pessoas.

Grupo de risco
A partir dos 50 anos;
Diabéticos;
Hipertensos;
Pessoas com problemas no coração;
Asmáticos;
Doentes renais;
Fumantes, que têm o pulmão mais prejudicado por causa do cigarro.

Atendimento de saúde
Informações/orientações e notificar casos suspeitos: Vigilância em saúde, disque 156;
Pessoas que devem procurar postos de saúde: as que apresentam febre, tosse e dificuldade em respirar e voltou do exterior nas duas últimas semanas, ou estiverem em contato com alguém que retornou do exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top