Que iniciemos a semana com um alento


Muito criticamos a falta de ações e interesse de fazer com que o crédito, nesse momento, chegasse à ponta (que realmente precisa).
Agora, é preciso louvar algo que se demonstrou eficaz.
O Pronampe (Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte), para liberação de crédito aos MEIs e micro e pequenas empresas, bateu a marca dos R$ 4,24 bilhões em créditos contratados e teve ainda um acréscimo de R$ 1,66 bilhão. Ou seja, R$ 5,9 bilhões emprestados aos pequenos que tiveram seus negócios e sobrevivência atingidos, isso pela Caixa Econômica.
Itaú concedeu valor semelhante a 37 mil negócios e BB para 80 mil.
Os retornos que recebi é que chegou capital para quem sempre fez ele circular.
Quarta-feira passada, o Senado aprovou alteração de MP que pode destinar mais R$ 12 bilhões nessa linha.
Prosseguimos!